Como Estudar Mais Eficientemente com a Técnica de Feynman

Para que serve? Explicar ideias complicadas de uma forma simples, de maneira a garantir que você realmente dominou a compreensão do assunto.

Nós pensamos que entendemos quando lemos, ou assistimos algo relacionado ao assunto — atividades passivas. Quando em realidade nós só sabemos que entendemos quando falamos ou escrevemos algo sobre o que aprendemos — atividade ativa.

Richard Feynman foi um famoso professor e pesquisador em física - vencedor de um prêmio Nobel - que compreendeu a importância de não apenas memorizar informação, mas compreender efetivamente o assunto, por isso criou o método.

Os 4 passos da técnica de Feynman:

  1. Identifique o assunto que está tentando aprender.
  2. Explique — ou finja explicar — esse assunto para uma pessoa leiga ou uma criança, da forma mais simples que conseguir.
  3. Identifique as lacunas de conhecimento na sua compreensão sobre o assunto.
  4. Revise, organize e simplifique.
  • Jargões e termos complicados podem mascarar o seu nível de aprendizado — até para você mesmo. Caso as ideias pareçam confusas isso indica que o seu nível de domínio ainda deve ser aperfeiçoado. Volte às suas fontes de informação, e se for preciso, busque novas.
  • Nosso cérebro sofre de um problema de metacognição, ele tem muitas dificuldade em avaliar se nós realmente entendemos que supomos ter entendido.
  • Caso esteja num ambiente sozinho, tente explicar para si mesmo em voz alta, sem qualquer auxílio de outras fontes. Caso esteja com outras pessoas — como numa biblioteca — faça uso de uma folha em branco.

Quando sonho às vezes me lembro de como voar.

Quando sonho às vezes me lembro de como voar.